Como os professores podem criar um ambiente de estímulo positivo na sala de aula? A professora Sandra Cristina da Silva Cassiano, do Centro de Educação Integrada de Maracajaú, em Maxaranguape (RN), teve uma ideia: um caderno de elogios.

A iniciativa foi divulgada no Diário de Inovações do portal Porvir, que tem foco específico em práticas inovadoras em comunicação.

Há dez anos, Sandra adota palavras positivas e frases afirmativas para que as crianças possam adquirir confiança e demonstrar os seus interesses. A prática é inspirada na pedagogia da Seicho-No-Ie, que sugere extrair a capacidade inata de cada um e manifestar o potencial dos estudantes.

Créditos: Reprodução/porvir.org/

Além do caderno, a professora sugere criar um mural para o correio da amizade ou um pote da gratidão

A sugestão da professora é que o recurso seja usado diariamente ou uma vez por semana, conforme a disponibilidade do professor.

Um dos pontos interessantes é que cada criança pode criar o seu próprio caderno, com sua personalidade e jeito. Outra forma é o educador pode montar um para a classe inteira.

A professora, inclusive, incentiva as crianças a levarem o caderno para casa e também trocarem elogios entre pais, mães e filhos.

Esta foi uma das práticas mias lidas no Diário de Inovações e para espalhar ainda mais a ideia e inspirar outras educadoras e educadores, Sandra compartilhou o passo a passo da atividade.

Veja abaixo sete etapas sobre como criar o seu caderno.

Créditos: Reprodução/porvir.org/

Separe os materiais e chame as crianças para colocarem a mão na massa

  • Reúna tudo que você precisa

Tente reutilizar materiais e usar folhas de rascunho para montar o caderno. Escolha o tamanho desejado e corte os papeis de maneira organizada, de modo que todos os lados não utilizados estejam virados para cima. Prenda os papéis com o grampeador ou use um furador de papel para amarrar fitas.

  • Inclua os alunos na decoração do caderno

Estimule a criatividade dos alunos, pedindo que eles confeccionem uma capa personalizada. Ela pode ter colagens, tecidos ou até mesmo desenhos feitos pelas crianças.

  • Incentive que a primeira página seja um autoelogio

Como primeira atividade, estimule que os alunos valorizem suas qualidades. Peça para eles escreverem elogios para si mesmos, tentando reconhecer o potencial que existe em cada um.

  • Estimule os elogios para outras pessoas

Em seguida, oriente os alunos a escreverem elogios para outras pessoas, que podem ser membros da família, funcionários da escola ou colegas de classe.

  • Use palavras positivas e frases afirmativas

Incorpore o trabalho com o caderno de elogios no dia a dia da sala de aula. Além de estimular que escrevam no caderno, tente sempre usar palavras positivas e frases afirmativas com os alunos.

  • Compartilhe o caderno de elogios com as famílias

Peça para as crianças levarem seus cadernos para casa e compartilharem seus elogios com os familiares. Na reunião de pais, também faça elogios sobre as crianças para os seus responsáveis.

  • Desenvolva outras atividades para reforçar o trabalho com elogios

Crie um mural para o correio da amizade, onde elas compartilham cartas e mensagens positivas com os colegas ou um pote da gratidão para cada aluno escrever em pequenos papéis as suas conquistas ou celebrações pessoais.

Leia mais: 

'Boa garota': seus elogios têm um significado real? Veja 5 dicas

Professor dedica 10 minutos da aula para elogiar e estimular os alunos