Uma pesquisa desenvolvida pelo Centro de Desenvolvimento Infantil da Universidade de Harvard, em 2011, afirma que a interação entre os cuidadores e as crianças durante os primeiros seis anos de vida influenciam na formação da arquitetura cerebral e dão a base para o seu comportamento e aprendizado no futuro.

Essa mesma pesquisa confirma que são as habilidades socioemocionais desenvolvidas na primeira infância que determinarão a capacidade da criança lidar com suas emoções nas próximas etapas, tendo mais desenvoltura para construir relacionamentos saudáveis na fase adulta.

Créditos: iStock

O foco do portal é oferecer conteúdo didático para mãe, pai e cuidadores

Pois é, os primeiros anos de vida são muito importantes. Para que os cuidadores estejam ainda mais preparados para suprir todas as necessidades dessa fase, o acesso e a informação de qualidade é essencial.

Foi pensando nisso que nasceu o CanalBloom. As criadoras Roberta Sotomaior, Adriana Drulla, Antonia Brandão Teixeira e Renata Conde Motta sentiam a necessidade de trazer ao público mais conteúdos específicos sobre primeira infância, que corresponde ao período 0 aos 6 anos de idade.

Roberta acredita que, por meio dos três pilares do projeto – autoconhecimento, vínculo e orientação – será possível informar e empoderar mães, pais e cuidadores para fortalecer seus papéis no desenvolvimento socioemocional de seus filhos logo no começo.

“Adultos mais conscientes e informados criam crianças emocionalmente equilibradas, que se tornarão adultos mais realizados e atentos às transformações do mundo, levando-os a se engajar na criação de seus filhos no futuro”, disse.

A plataforma traz conteúdos em texto, vídeos e áudios que facilitam o acesso à informação. São cursos, quadrinhos, animações, infográficos e outros tantos recursos.

Entre os principais temas estão: as birras, como agir em relação ao sono, ao choro, imposição de limites, inserção no ambiente escolar, a chegada de irmãos, separação dos pais, tecnologia na infância, estímulo à autonomia, etc.

O conteúdo do site e do aplicativo podem ser acessados gratuitamente de forma integral. Para saber mais, clique aqui.

Leia mais:

11 especialistas falam sobre a importância do pai nos cuidados da criança

Melhorar a qualidade da educação na primeira infância é chave para reduzir pobreza

Edital reconhece cinco projetos para a primeira infância em ONGs