A ciência tem uma boa notícia para pais e mães nesta semana. De acordo com um estudo publicado no Journal of Epidemiology and Community Health, as mães podem esperar viver uma média de 23,1 anos depois dos 60, simplesmente por terem filhos – cerca de um ano e meio a mais que as mulheres sem filhos.

A pesquisa acompanhou mais de 1,4 milhão de pessoas na Suécia e concluiu que pessoas que eram pais viviam mais do que as que não eram. E isso impactou também a vida dos homens: os que tinham filhos viviam 18,4 anos a mais depois dos 60.

Créditos: Shutterstock

Pessoas que têm filhos vivem mais, segundo pesquisa

A ciência não sabe explicar ainda por que pais vivem mais tempo, mas uma hipótese pode estar relacionada ao fato de que muitos filhos cuidam do pai e da mãe, e que esse apoio emocional pode proporcionar, por exemplo, cuidados melhores e um estilo de vida mais ativo, algo intimamente relacionado com o que pais e mães fornecem à sua prole quando criança.

Outro fato interessante que a pesquisa traz é que tanto filhos homens quanto mulheres geraram os mesmos benefícios – contrariando o senso comum de que as filhas cuidam mais dos pais e que os filhos os abandonam, ou uma prova de que os papéis de gênero estão mudando.

Leia mais