Cada vez mais mulheres buscam empreender não só como uma forma de ascender na carreira, mas principalmente como uma forma de conciliar maternidade e profissão, passando mais tempo com os filhos sem precisar se sujeitar a cargas horárias excessivas de trabalho e sem prejudicar o sustento. Porém, nem sempre é um caminho fácil. É preciso muito foco, informação e estratégia para sobreviver no competitivo mercado dos profissionais autônomos.

O Maternativa, o maior portal de mães empreendedoras do Brasil, acaba de lançar uma nova seção em seu site, uma lojinha online onde é possível conhecer o trabalho de mães que investem em projetos autônomos e formas autosustentáveis de gerir o seu negócio. Ao incentivar as pessoas a comprar de quem faz, a loja fortalece o empreendedorismo materno, valoriza a produção independente e o consumo consciente, e ainda incentiva a conexão entre as mães.

Créditos: Reprodução/Maternativa

Na foto, naninhas artesanais da marca "Amigo Monstro" e cadernetas feitas à mão da "Mamainz".

Entre os produtos disponíveis, tem artigos de design, decoração, acessórios, slings, brinquedos, roupas, calçados e muitos outros. Há opções também serviços e de locação de produtos, como artigos para festas infantis. Cada marca possui uma página com a descrição dos produtos e conceito do projeto, sempre privilegiando o lúdico e o fazer manual. Entre elas, a Mamainz, a Aurora, Senhora! e a Amigo Monstro. Clique aqui para conhecer e inspire-se a apoiar a luta diária das mães empreendedoras e o movimento #compredasmães.

Leia mais:

Empreendedorismo materno: 'Nem todas terão mais tempo com filhos'

Mãe empreendedora: 4 dicas para trabalhar sem enlouquecer