Para disseminar conhecimento e colaborar com os educadores que atuam com alunos com TEA ( Transtorno do Espectro Autista) , o projeto NeuroSaber vai realizar, no dia 6 de julho, uma aula sobre inclusão escolar e autismo. Totalmente online e gratuita, o curso será ministrado pela psicopedagoga Dayse Serra.

  • Clique aqui para se inscrever.

Segundo a especialista, o Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um assunto complexo e que necessita de uma análise individualizada das especificidades de cada aluno. A professora afirma que algumas características do TEA envolvem dificuldades de se socializar, atraso de linguagem, além de comportamentos que dificultam a aprendizagem e a convivência com seus pares.

Créditos: UrsaHoogle / Istock

Aula gratuita aborda o autismo e a inclusão escolar.

"Essas particularidades tornam a inclusão escolar um desafio. São fatores que prejudicam o autista no desenvolvimento e na evolução nas esferas social e acadêmica", relata.

No entanto, Dayse Serra reforça que a instituição de ensino deve estar preparada para as mais diversas situações e perfis de crianças com autismo, adaptando o currículo escolar observando as necessidades de cada aluno. “É importante adotar, por exemplo, materiais didáticos que permitam criar vínculo da criança com a sala de aula e com as propostas de estimulação”.

Também é essencial a pessoa com TEA ter um profissional de apoio, pois uma das maiores dificuldades é condicioná-la a começar e terminar atividades e tarefas com significado e finalidade - comenta.

A especialista diz também que muitas crianças com TEA possuem alterações nas percepções e podem ter sensibilidade auditiva, tátil, visual, dentre outras. “Por esse motivo, é tão importante identificar fatores que causam estresse, com o objetivo de permitir certo conforto para que a criança continue frequentando a escola sem maiores contratempos”.

Diagnóstico do autismo e luto pelo filho idealizado: como lidar?