Criança e hospital são duas palavras que não combinam. Apesar disso, embora dificilmente o ambiente de um hospital seja acolhedor a uma criança, alguns médicos encontram alternativas criativas para melhorar a experiência da criança em momentos de consulta e tratamentos.

O pediatra André Calandrini, que atua no setor de alta complexidade do Hospital Nossa Senhora da Conceição, na cidade de Tubarão (SC), é um exemplo.

As crianças que se consultam com ele são recebidas não por um médico comum, mas por um "super-herói". A consulta mais descontraída com o "Dr. Batman" acaba tendo um efeito muito positivo nos pequenos e sem seus familiares.

“Tudo foi acontecendo de forma despretensiosa. Mas as crianças adoraram e as mães também. O resultado foi muito positivo”, disse André sobre a iniciativa.

Créditos: Divulgação Hospital Nossa Senhora da Conceição

As crianças adoram o Dr. Batman.

A roupa do Batman foi comprada pelo médico durante uma viagem com sua esposa, em uma loja de materiais hospitalares.

“A minha esposa achou muito legal e acabou chamando a minha atenção. Comprei do Batman e do Super-Homem. E como as crianças gostam bastante de mexer no meu carimbo, acabei comprando um do Batman também para elas usarem. As crianças perdem o medo e se sentem mais à vontade.”

  • Inspire-se com outros médicos:

O que um médico com um ukulele pode fazer por uma criança doente?

Médico opera brinquedo para fazer companhia à criança em hospital

Com informações de Ligado no Sul.