Um atendimento hospitalar humanizado passa por acolher as dificuldades do paciente de lidar com situações desconhecidas, principalmente a dor. No caso do trabalho de parto, principalmente, médicos que compreendem o processo de cada parturiente fazem toda a diferença no processo.

O obstetra Mário Orsi, de Orlândia, no interior de São Paulo, fez sucesso na internet com seu gesto de empatia. Para ajudar a paciente Gabriela Paula da Silva na evolução de seu trabalho de parto e dar uma forcinha nas contrações, ele sugeriu a dança. A gestante só não esperava que a recomendação viria acompanhada de uma demonstração prática. O momento foi registrado em vídeo pela esposa do obstetra, que é enfermeira no hospital, e publicado pelo G1 local.

Créditos: Reprodução/Arquivo pessoal

Obstetrícia humanizada e divertida: médico e paciente dançam e descem até o chão minutos antes do parto.

Ao som de uma música animada, o médico arrisca alguns passinhos e incentiva a gestante a acompanhá-lo. Juntos, eles rebolam e descem até o chão, tudo para ajudar no nascimento da pequena Sofia, que veio ao mundo apenas duas horas depois de a mãe dar entrada no hospital.

De acordo com o obstetra, a dança ajuda na liberação de hormônios que causam relaxamento, o que facilita as contrações.

Assista:

*Com informações de G1

Leia mais:

'DES-PA-CI-TO': coreografia de casal durante chá de bebê viraliza

Mães dançam 'Despacito' para ajudar na dilatação

'Danço, logo, me fortaleço', diz mãe na primeira dança pós-parto