A Escola Arte de Ser, localizada na cidade de Rio Verde, em Goiás, atua com a proposta de empoderamento do aluno no processo de aprendizagem. Entre as atividades, há aula de feminismo para alunos desde os 7 anos de idade e, para extrapolar a sala de aula, a escola criou o projeto “Já falou para seu menino hoje?” com o objetivo de incentivar famílias e educadores a conversarem com os meninos sobre equidade no dia a dia. As mensagens compartilhadas no Facebook pretendem promover a educação para uma sociedade menos violenta, na qual meninas e meninos tenham igualdade de possibilidades.

“A ideia é empoderar os meninos sobre sua sensibilidade, empatia e capacidade de respeito aos direitos humanos”, afirma Caroline Arcari pedagoga, especialista em educação sexual.

Mantida pelo Instituto Cores a Arte de Ser já foi premiada pelo Unicef por sua atuação na defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Atuando no contra-turno escolar, a organização acredita numa educação baseada na autonomia, apresentando um currículo construído pelos próprios alunos, priorizando a afetividade, a responsabilidade e o cuidado com o outro.