O mercado de trabalho pode se tornar um espaço bastante hostil à mulher depois que ela se torna mãe. Infelizmente, são poucas as empresas que têm um olhar humanístico sobre a maternidade, oferecendo à mulher a oportunidade de jornadas de trabalho mais flexíveis para conciliar com a rotina de mãe, ou mesmo que possuem ambientes acolhedores.

Por isso, é cada vez maior o número de mulheres que articulam negócios próprios e se unem a outras mães em coletivos de empreendedorismo materno - assunto que aparece com frequência aqui no Catraquinha, clique aqui para ler.

Mas afinal, quais são os desafios? Por onde começar, quem contatar, quais possibilidades considerar? Este é o mote do encontro "Mães na internet: como se articulam e até geram novos negócios", no dia 27 de maio (sábado), das 11h às 13h.

Créditos: Reprodução/Facebook Maternativa

O objetivo do encontro é reunir mulheres para discutir como articular uma rede efetiva de ações entre mães na internet.


Sobre o evento - Todas as etapas da maternidade podem ser mediadas pela internet. Da descoberta à primeira pesquisa no Google. Do encontro de sites, blogs, perfis de Instagram de outras mães que compartilham seus aprendizados. Dos grupos de Facebook que resolvem qualquer dúvida. Do Whatsapp que vira companheiro na hora da amamentação.

A internet vira uma grande rede de apoio para mulheres que acabam de se tornar mães e também para as que já estão há alguns anos na estrada. Em alguns casos serve também de espaço para desabafos. Ou para que elas se reúnam em rede para repensar o trabalho. Como voltar ao mercado? Ou o que fazer depois de ter sido demitida pós-licença maternidade? Empreender é um caminho. O encontro do mês da série #ainternetqueagentequer vai debater essas e outras questões.


Quem vai conduzir o bate-papo, que é gratuito e aberto ao público em geral, serão Carol Rocha, digital influencer, Manoela Gonçalves, da Casa das Crioulas, e Ana Laura Castro, da rede de empreendedorismo materno Maternativa, plataforma que reúne iniciativas criadas e geridas por mães.

Créditos: Reprodução/Facebook Maternativa

O evento vai discutir como aproveitar o potencial da internet - e das mães que nela habitam - na criação de negócios transformadores.

O evento é organizado pela Contente, empresa que produz conteúdos, eventos e publicações com o intuito de fazer da internet um espaço mais humano, acolhedor, autoral e consciente.

O encontro faz parte da série #ainternetqueagentequer, que reúne influenciadores digitais das mais diversas áreas de atuação para contar qual foi o impacto da internet em suas vidas. Clique aqui para ler um dos depoimentos da série, assinado por Luanda Barros, do blog No drama mom.

Para participar, é preciso fazer inscrição neste link, sem qualquer custo. As vagas são limitadas.

Saiba mais sobre as palestrantes:

Ana Laura Castro
É pedagoga com especialização em tecnologia pela Universidade Anhembi Morumbi. Foi educadora infantil no Espaço da Vila. Depois dedicou-se à educação vinculada a tecnologia e artes na rede ItsNoon. Foi sócia da empresa Festinhas Manuais e atualmente dedica-se à Rede Maternativa, a maior sobre empreendedorismo materno no Brasil. É mãe do José, de 3 anos.

Carol Rocha
É criadora de conteúdo, publicitária, mãe do Valentin e mora em São Paulo. É ativista por uma maternidade mais ativa e por mais espaços para a mulher-mãe na sociedade. Não acredita em meritocracia e passou a acreditar em horóscopo agora que está chegando aos 30.

Manoela Gonçalves
É empreendedora, do estilismo vintage ao mosaico, fundou a Casa das Crioulas com intuito de validar seu vínculo com seu filho Manolo, criando um espaço onde maternidade e trabalho crescem juntos. A Casa das Crioulas se tornou um ponto de referência para a mãe autônoma, para a cultura e para a convivência voltada para a mulher-mãe.

Leia mais:

'Mãe Solo' convida para um happy hour sobre maternidade real

Festival Colher de Pau reúne famílias e comidinhas do bem

Encontro "Mães na internet: como se articulam e até geram novos negócios”

27 Mai

Sáb 27/05  das 11:00 às 13:00 

Unibes Cultural
Rua Oscar Freire, 2500 - Ao lado da estação Sumaré do Metrô Pinheiros São Paulo - SP
Estação Sumaré (Metrô - Linha 2 Verde)
Catraca Livre
add Google Agenda